CapacitaSuas ofertará 2.200 vagas em treinamentos aos trabalhadores da Política de Assistência Social no RS

quarta-feira, 8 de maio de 2019
Secretária Regina Becker conduziu aula inaugural do CapacitaSuas - Foto: Laura Píffero / Stas

Secretária Regina Becker conduziu aula inaugural do CapacitaSuas – Foto: Laura Píffero / Stas

Para aprimorar o atendimento às famílias em situação de vulnerabilidade, começou nesta segunda-feira (6/5), no auditório do Ministério Público, na capital, o CapacitaSuas. O programa é coordenado pela Secretaria de Trabalho e Assistência Social, por meio do Departamento de Assistência Social, em parceria com o governo federal e Uniasselvi. Será realizado de maio a setembro, capacitando profissionais que atuam nas Políticas de Assistência Social, com 2.200 vagas distribuídas em quatro cursos (veja abaixo) abrangendo os 497 municípios gaúchos.

De acordo com a secretária de Trabalho e Assistência Social, Regina Becker, a pasta vai atuar em convergência com o programa RS Seguro para contribuir com a redução de índices de violência e ampliar a presença do Estado onde estão as pessoas que mais precisam. “Nós atuaremos fortemente nos 18 municípios mais violentos do Estado, para que possamos oferecer às crianças e jovens uma forma diferente de viver”, disse Regina.

A representante do Ministério da Cidadania, secretária adjunta do Desenvolvimento, Neuza Kempfer, lembrou dados organizados pelo Nobel de Economia James Heckman para fazer uma referência ao Programa Criança Feliz e Primeira Infância. Em um estudo, o professor Heckman mostrou que cada dólar investido na primeira infância são US$ 7 economizados na adolescência.

O presidente do Conselho Estadual de Assistência Social, Marcelo da Silva, lembrou que a educação permanente se torna ferramenta imprescindível, uma vez que tem por objetivo instrumentalizar os participantes para a melhoria e qualidade dos programas e serviços socioassistenciais, em especial, no momento que o país vive.

Os cursos do CapacitaSUAS contribuem para a consolidação da identidade dos trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social, para que ofertem serviços, programas, projetos e benefícios socioassistenciais com mais qualidade ao público usuário das políticas públicas.

A aula inaugural apresentou aos gestores, trabalhadores e conselheiros municipais um panorama do programa, bem como sua importância para a qualificação na execução da política de Assistência Social.

O reitor da Uniasselvi, Herminio Kloch, foi enfático ao lembrar que o conhecimento transforma. “O olho de cada assistente social que está lá no dia a dia para atender a população muitas vezes marginalizada, faz toda a diferença”, disse.

O prefeito de Garibaldi e presidente da Federação das Associações de Municípios (Famurs), Antonio Cettolin, colocou a instituição à disposição para fortalecer e valorizar o trabalho dos municípios.
OS CURSOS

Atualização sobre especificidade e interfaces da Proteção Social Básica no SUAS

Vagas: 950

Turmas e períodos:
1ª – 6 a 10 de maio
2º – 20 a 24 de maio
3º – 3 a 7 de junho
4º – 9 a 13 de setembro

Atualização em Vigilância Socioasssitencial do SUAS

Vagas: 200

Turmas e períodos:
1ª – 6 a 10 de maio
2º – 20 a 24 de maio
3º – 3 a 7 de junho
4ª – 24 a 28 de junho
5ª – 9 a 13 de setembro
Atualização sobre a organização e oferta dos serviços da Proteção Social Especial

Vagas: 250

Turmas e períodos:
1ª – 15 a 19 de julho
2ª – 12 a 16 de agosto
3ª – 26 a 30 de agosto
Introdução ao exercício do controle social do SUAS

Vagas: 800

Turmas e períodos:
1ª – 24 a 28 de junho
2ª – 15 a 19 de julho
3ª – 12 a 16 de agosto
4ª – 26 a 30 de agosto

Texto: Laura Píffero/Ascom Stas
Edição: Secom