Presídio Feminino de Lajeado recebe curso profissionalizante para apenadas

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

GD_20170914134720curso_de_capacitacao_no_presidoO curso básico profissionalizante de corte de cabelo iniciou nessa terça-feira(14) no Presídio Estadual Feminino de Lajeado. O curso faz parte do projeto ‘Embelezando Rostos, Ressignificando Vidas’, que envolve ainda ensinamentos sobre maquiagem.

As aulas são ministradas pela psicóloga e maquiadora Ana Júlia Knack e pelas cabeleireiras Ivone H. Seegeer e Andréa dos Santos Bruch, pelo programa de voluntariado ‘Eu tenho atitude’, do Sindicato dos Cabeleireiros de Lajeado. O  curso, que conta com a participação de quatro detentas, terá duração de três meses, com aulas semanais de duas horas. O curso conta com certificação profissional, o que aumenta as facilidades de reinserção das participantes no mercado de trabalho, e eleva a autoestima das apenadas.

Para a psicóloga do presídio, Rosiléia Schwengber, a capacitação profissional é uma das maneiras mais efetivas de tratamento penal. “Esta formação efetiva o processo de tratamento penal e envolve a participação da comunidade. Para as mulheres privadas de liberdade é a chance de enfrentar, com qualificação, o mercado de trabalho a frente, quando já forem egressas do sistema carcerário”,  destacou Rosiléia.

A iniciativa do curso e aquisição dos materiais foi resultado da soma de esforços das equipes da 8ª Delegacia Penitenciária Regional, do Presídio Estadual Feminino de Lajeado, Conselho da Comunidade e da população em geral. A aula inaugural contou com a presença de representantes das entidades parceiras do projeto.

Texto: Ascom Susepe
Edição: Léa Aragón/ Secom
Foto: Susepe